O fantástico mundo das cadeiras ( anos 30)

7170986718_3f72658b5a_o (1)

Continuando a viagem pelo mundo das cadeiras, iniciada pelos modelos da década de 20, e avançando para os anos 30, encontramos alguns exemplares interessantes e arrojados, que exploram com maestria as características dos materiais em formas inovadoras.

A cadeira Zig-Zag por exemplo surgiu do imaginário do holandês Guerrit Thomas Rietveld no ano entre os anos de 1932 a 1934. Suas linhas foram desenhadas para imitar a postura de uma pessoa sentada. Sua estrutura de sustentação foi cuidadosamente pensada sendo necessários vários testes até chegarem ao modelo final, uma vez que, pela maneira como as peças se conectam entre si, a impressão é que poderá desmoronar ao receber o menor esforço. A cadeira, de forma minimalista e abstrata agrada os espíritos mais audaciosos hoje em dia.

 csm_ZigZag_Rietveld_01_ec7f0c4b2c  Zig Zag Chair in dining room

Na tentativa de moldar objetos do dia a dia em uma única peça surgiu a Plywood Armchair do designer Gerald Summers de 1933-4. A cadeira, que foi concebida para uso em ambientes externos, tem uma forma surpreendentemente simples fabricada em madeira compensada moldada de forma orgânica com os recortes necessários para cumprir sua função sem necessidade de conectores nem qualquer peça metálica. A má notícia é que em sua própria fábrica, Summers produziu apenas 120 exemplares e as preciosas e confortáveis cadeiras de madeira viraram artigo de luxo.

csm_Sperrholzsessel_Summers_01_8d60f60583 Petrou-034-orig

A cadeira Landi foi desenhada por Hans Coray e teve grande êxito na Exposição Nacional da Suíça, que aconteceu em Zurique no ano de 1939. No ano anterior foi realizado um concurso para cadeiras de parques e jardins com mais de 1500 participantes, cuja exigência seria utilizar  o alumínio como matéria prima. O alumíno era considerado o “metal suíço” assumindo status de material nacional sempre remetendo à ideia de modernidade. A cadeira Landi é surpreendentemente leve, efeito obtido em função dos furos no metal, que tiveram inspiração na indústria da aviação.

csm_Landi_Coray_01_2effa49d14 Landi-Chair_1_web

A cadeira Hardoy tem suas origens um pouco confusas. Provavelmente foi inspirada em um modelo de cadeiras dobráveis patenteadas na Inglaterra no ano de 1877. Essas cadeiras eram bastante populares em viagens e momentos de lazer devido à facilidade de transporte. Começaram a fazer grande sucesso devido a alguns donos famosos como Thomas Edson e Theodore Roosevelt. Em 1938 os argentinos Bonet, Ferrari-Hardov e Kurchan adaptaram o design da cadeira Hardoy para uma estrutura rígida metálica coberta de tecido ou couro que ganhou prêmios e faz bastante sucesso até hoje, sendo utilizada também em ambientes internos.

csm_BKFHardoyChair_Austral_01_4fa8e45f32 IMG_0368

Como podemos ver, nas décadas de 20 e 30 foram produzidos modelos de cadeiras atemporais, para todos os gostos e lançando mão de diversos materiais aliados a um design diferenciado, sendo utilizados até hoje nos ambientes mais arrojados e contemporâneos. Isso tudo no início do século passado! Ainda há mais para conhecer, aguarde! De preferência, sentado em uma boa cadeira…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>