Inimigo Infiltrado

A infiltração se caracteriza pela presença de umidade em paredes, lajes, pisos, caixas d’água, piscinas entre outros, tornando-se um transtorno com o passar do tempo, tanto por agravar problemas de saúde, por questões estéticas e de segurança da edificação

As infiltrações podem ter várias causas, e muitas vezes, não basta tratar o problema apenas onde ele aparenta estar. É necessário descobrir e corrigir a causa do problema em sua origem, do contrário, a infiltração voltará a aparecer e todo o trabalho precisará ser refeito periodicamente.

Algumas das infiltrações mais comuns podem ser causadas pela falta de impermeabilização nos alicerces na edificação (vigas baldrame), pela má vedação de esquadrias e falta de elementos arquitetônicos que protejam as paredes das chuvas, pela falta de impermeabilização ou proteção adequada nas lajes de cobertura e telhados e vazamentos de tubulações.

Falta de impermeabilização Vigas Baldrame

Na fase de execução das fundações de uma edificação, é muito importante que as vigas baldrame, que funcionam como bases para as paredes, sejam impermeabilizadas corretamente, a fim de impedir que a umidade presente no solo possa chegar até as paredes.

Normalmente as infiltrações por falta ou falha na impermeabilização das vigas baldrame podem ser percebidas na parte inferior das paredes, rente ao piso, ao longo de toda sua extensão, e pode acontecer inclusive nas paredes internas da edificação, não apenas nas paredes externas.

vigas baldrame

Para tratar o problema, as paredes devem ser descascadas até uma altura de 50 cm, em seguida aplicar argamassa com aditivo impermeabilizante tomando cuidado de preencher toda a superfície afetada. Aguardar até que que a camada seque para que a parede possa receber novamente o reboco, emboço e pintura. Caso seja possível, o ideal seria conseguir acessar inclusive a viga baldrame para que possa também receber uma camada de impermeabilizante, embora, muitas vezes somente é possível acessar uma de suas laterais, no caso das paredes externas.

2

Má vedação de esquadrias e falta de elementos arquitetônicos que protejam as paredes das chuvas

Caso as esquadrias não tenham sido instaladas corretamente ou as paredes externas estejam completamente desprotegidas, recebendo incidência direta de chuvas, a água pode passar pelas frestas existentes acumulando-se na parede causando manchas e bolor.

Esquadrias

Para esses casos, é necessário corrigir a vedação das esquadrias por meio da utilização de silicones, adesivos plásticos ou a base de poliuretano.

1

Deve também avaliar a possibilidade de construir elementos arquitetônicos que minimizem o problema e impeçam a chuva de atingir diretamente as paredes, como beirais e marquises entre outros. É recomendável que todas as paredes de fachada que estão completamente desprotegidas da chuva recebam pelo menos um tratamento em sua parte superior, com a instalação de pingadeiras.

Falta de impermeabilização ou proteção adequada nas lajes de cobertura e telhados

As áreas de cobertura das edificações recebem incidência das águas de chuva diretamente, por isso, costumam ser frequentes problemas de infiltração aparentes nas lajes e forro.

3

Nos casos de coberturas com telhado, é necessário realizar uma inspeção para avaliar a existência de telhas quebradas ou deslocadas, que possam ser substituídas para a correção do problema. É necessário também verificar a presença e funcionamento de calhas e rufos, que também podem influenciar no escoamento ineficiente da água das chuvas, ocasionando as infiltrações.

4

Caso a laje seja diretamente exposta às intempéries, talvez seja mais complicado identificar o problema, uma vez que pode ser necessária a remoção de piso e contrapiso para a verificação da falha. É também recomendável verificar a condição de ralos e sistemas de escoamento de água a fim de verificar se as inclinações foram executadas corretamente ou se existem áreas de acumulo de água. O ideal para esses casos é refazer toda a impermeabilização da área com manta asfáltica, respeitando as inclinações corretas e, posterior, instalação de piso, se for o caso.

Infiltração vazamentos tubulação

A infiltração também pode aparecer de dentro para fora quando há vazamento de tubulação de água da edificação. Ocorrem nas paredes de vedação de áreas molhadas e podem ser de difícil identificação em função dos revestimentos utilizados nessas áreas internamente. Normalmente podem ser visualizadas nas alturas de instalação de linhas de tubulação de água e cantos de paredes no sentido vertical.

A solução para esses casos é identificar o ponto de vazamento e efetuar a substituição da tubulação, tarefa que pode não ser tão simples quanto parece, havendo necessidade de visualização da a tubulação como um todo, que pode abranger a extensão de toda a parede, sendo necessária uma pequena obra para a recuperação pós substituição da tubulação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>