Captação de Águas Pluviais – Fazendo a sua parte

Há muito tempo já ouvíamos falar sobre a importância da preservação de nossos recursos hídricos, pois algum dia a falta de água será um grande problema no planeta,o que já acontece atualmente em alguns continentes como a África e a Ásia. Na realidade, não precisamos ir tão longe. Há quantos anos sabemos da problemática da escassez de água no interior do nordeste e quantos óbitos já provocou? Nos últimos anos, a temática relacionada à escassez de água potável tem sido bastante discutida e abordada por todos como um grande problema  nos dias de hoje e uma dificuldade ainda maior para as futuras gerações. É urgente e necessário que tomemos medidas para a preservação desse bem tão precioso e essencial à vida.  Pensando nisso, gostaria de abordar aqui algo que nós cidadãos comuns podemos e devemos fazer: adotar em nossa casa um sistema de captação e armazenamento de águas pluviais. Esta prática vem sendo cada vez mais utilizada pelos novos edifícios e deveria ser também pré-requisito nas residências unifamiliares.

Há ainda no Brasil uma cultura de que o sistema de captação  de água para reutilização é algo complicado e caro, quando na verdade não é. O ideal seria  adotar desde a concepção do projeto  hidráulico da sua residência a ser construída um sistema de armazenamento de águas pluviais. Porém, se a sua casa já existe, também é possível fazer! Não seria maravilhoso utilizar a água das chuvas nas descargas dos banheiros, para irrigar as plantas ou até mesmo para manter um tanque de peixes? Muita gente duvidaria da qualidade da água devido às impurezas e depósito de resíduos, porém tudo depende de como ocorre sua a captação e filtragem.

Com relação à valores, quanto em média custaria a implementação desse sistema? Bom, isso depende, pois há inúmeras maneiras de se implementar a captação. Há metodologias mais artesanais do estilo “faça você mesmo” ou sistemas um pouco mais avançados. Pode variar de R$ 500,00 Reais (no caso dos sistemas mais artesanais) a R$7.500,00 (para uma casa que possui uma cisterna com reservatório grande). No caso de utilização de armazenamento por cisterna, a dimensão da cisterna escolhida (que varia de acordo com a área do telhado, o índice pluviométrico da região e o volume desejado a tratar e/ou armazenar) influencia bastante no valor do conjunto de captação e também pela escolha do sistema de armazenamento (no caso de ser subterrâneo ou não). Portanto, caso deseje reutilizar a água das chuvas somente para irrigação das plantas do quintal ou lavagem da área, gastará menos do que se ainda a utilizasse para fazer um tanque de peixes ou  escoamento dos dejetos do vaso sanitário. Tudo depende do que você deseja fazer…

Croqui-reuso-resid.

Sobre o funcionamento do sistema de captação de água pluvial, como seria?  Resumidamente, no caso da captação por armazenamento em cisternas, o sistema se dá através da captação de água pluvial no telhado pelas calhas, que encaminham a água para uma tubulação ligada a um filtro onde o material vegetal é retido (folhas, galhos etc). Deste filtro, a água vai para a cisterna. Lá há um processo de decantação da matéria orgânica, e a água de lá é bombeada e levada para o quintal ou então a um segundo reservatório (além da caixa d’água normal da rede). Pode-se escolher, através do acionamento de um registro, o momento de utilizar a água proveniente do sistema de reaproveitamento de chuvas ou o originário da caixa d’água convencional.

Além da economia na conta de água, facilidade de manutenção e instalação, há também a consciência tranquila de fazer a coisa certa e contribuir na preservação de nosso bem mais precioso: a água, recurso que nos dá a vida.  Se todos passarem a utilizar este tipo de sistema, isso também contribuirá para minimizar os riscos de enchentes. Os grandes feitos da história da humanidade provém das pequenas atitudes e contribuições do dia a dia. É de extrema importância o respeito pela natureza e pelo próximo. São pequenas atitudes, que passam a ser hábitos, que por sua vez influenciam no modo de vida das pessoas em geral. Por que não fazermos a nossa parte?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>