Fantástico Mundo das Cadeiras (anos 20)

15810871335_2219bc1beb_h

Certa vez para, um trabalho da universidade, precisei realizar uma pesquisa sobre o Pavilhão de Barcelona, projeto do renomado arquiteto Mies Van der Rohe para a Exposição Mundial de no ano de 1929. Além do edifício de arquitetura brilhante, nele se destacavam as conhecidas poltronas Barcelona, desenhadas para o Rei e a Rainha da Espanha quando da abertura da exposição.

Continue reading

Pense fora da caixinha…

Nunca havia me dado conta do quão difícil e árdua pode ser a tarefa de pregar um quadro na parede.

Não estou falando aqui da habilidade de fixar o prego com um martelo sem acabar acertando pelo menos dois dos teus estimados dedinhos, mas da dificuldade em encontrar a proporção e posicionamento adequados para colocação desse elemento decorativo, que traz toda graça aos ambientes.

Continue reading

Se essa rua fosse minha…

FullSizeRender (2)

Se a rua fosse minha, eu também definitivamente mandaria ladrilhar, não com pedrinhas de brilhante, que meu bolso não suportaria, mas escolheria um belo ladrilho hidráulico e cobriria todas as calçadas! O meu amor e todas as outras pessoas passariam na minha rua com muito estilo!

Você com certeza já deve ter passado por uma dessas calçadas e não se deu conta! Pois é! São de ladrilho hidráulico!

29-ladrilhos-hidraulicos 27-ladrilhos-hidraulicos images (1)

Continue reading

Etapas de um Projeto de Arquitetura

Você sabe como funciona a elaboração de um projeto de arquitetura?

O desenvolvimento de um projeto de Arquitetura completo possui as seguintes etapas: Estudo Preliminar, Anteprojeto, Projeto Básico, Projeto Legal e Projeto Executivo

Todo projeto de arquitetura tem inicio com uma conversa entre o arquiteto e o cliente, na qual o cliente vai descrever que tipo de projeto pretende contratar. Nessa conversa são tratados o programa de necessidades desejado pelo cliente, bem como descrições de como pretende fazer uso do espaço, seus gostos e preferencias em relação a materiais e acabamentos. Nesse momento é importante que o cliente exponha o que pretende financeiramente e quanto pode gastar com a obra, para que o projeto seja elaborado levando em consideração o orçamento disponível. Continue reading

Escolhendo Móveis Novos

sala vazia

Você ganhou um aumento no trabalho e conseguiu economizar um pouco para fazer aquela reforma na sala, que já estava precisando de uns móveis novos. Você vai a várias lojas, pesquisa bastante, imagina diversas vezes como vai ficar a sua sala toda novinha… Opa! Encontra um sofá lindo, preço muito bom, confortável, do jeito que você queria! Resolve comprar sem pestanejar, afinal já procurou suficiente, é esse mesmo, perfeito!

Chega o grande dia, a loja faz a entrega, e que decepção: o sofá é grande demais para a sua sala de estar.

Aí você tenta muda-lo de posição, trocar de lugar com a estante, colar na parede, talvez trocar com a mesa de jantar, mas nada adianta. O sofá novo é um brutamontes e não sobra espaço para uma circulação confortável entre ele e a TV. A Sensação é de que o irmão mais velho pegou a roupa do caçula para dar umas voltas por aí…

Parece engraçado e um tanto improvável, mas, para quem já passou por essa situação, o que era para ser a realização de um desejo passa a ser um balde de água fria. E acredite, é mais comum do que se imagina. Continue reading

CoBoGó

DipticCobogó, palavra engraçada, difícil de acertar. Muitos insistem em dizer Combogó, e eu já escutei até quem diga Cogogó. Mas afinal, o que é um Cobogó?

Cobogó é o nome das peças vazadas, originalmente fabricadas em cimento, utilizadas para garantir iluminação e ventilação às edificações.

O Cobogó é um elemento arquitetônico tipicamente brasileiro cujo nome deriva das iniciais dos sobrenomes de dois comerciantes e um engenheiro, que no início do século XX trabalhavam na cidade do Recife: Amadeu Oliveira Coimbra, Ernest August Boeckmann e Antônio de Góis. Para criação desses elementos Amadeu, Ernest e Antônio se inspiraram nos muxarabiês e nas gelosias (treliças de madeira) heranças da arquitetura mourisca, trazida ao Recife pela colonização portuguesa.

Continue reading