As Superquadras de Brasília

SONY DSC

Conjunto de edifícios residenciais sobre pilotis, que possuem comum acesso a uma área delimitada, um quadrado de 280×280 metros onde o chão é público – conceito de projeção¹ – e os pedestres podem circular livremente sem bloqueios ou obstáculos.

IMG_3353-300x225O projeto do Parque Guinle, conjunto habitacional proposto pelo Arquiteto e Urbanista Lucio Costa em 1948, é considerado pioneiro para o conceito da Superquadra. O conjunto é constituído por edifícios alongados de seis pavimentos com pilotis, que liberam o térreo da edificação para a circulação dos usuários. Estes edifícios apresentam alguns elementos arquitetônicos característicos das superquadras como os cobogós e as empenas laterais cegas.

Já no Planalto Central, como consta no Relatório do Plano Piloto de Brasília, as Superquadras foram criadas a fim de solucionar a questão residencial da nova Capital.

001As Superquadras possuem um contorno de vegetação, faixa verde, densamente arborizado, que promove uma identidade a cada superquadra e um passeio sombreado ao pedestre. Segundo Lucio Costa, “A disposição dos edifícios é de forma livre e variada, tomando o cuidado de respeitar apenas dois princípios; o gabarito máximo, talvez seis pavimentos e pilotis, e a separação do tráfego de pedestres e veículos”. Em geral, as projeções retangulares dos edifícios prevalecem sobre as demais projeções, no entanto existem projeções quadradas e em forma de H. Algumas Superquadras possuem edifícios mais baixos, de três pavimentos, estas são as Superquadras 400.

As Superquadras estão dispostas ao longo do Eixo Residencial, em ordem dupla e a nomenclatura das mesmas é definida de acordo com a posição em relação aos Eixos Rodoviário e Monumental. A nomenclatura de cada Superquadra dar-se através de siglas, composta de letras e números, na Asa Sul são SQS e na Asa Norte SQN. A numeração varia de 02 à 16 no sentido norte/sul, e 100 a 400 no sentido leste/oeste, totalizando cento e vinte Superquadras no Plano Piloto.

 SONY DSC SONY DSC SONY DSC

Ainda em relação ao Relatório do Plano Piloto de Brasília, a cada quatro superquadras existiriam igrejas, escolas, cinemas e uma área verde destinada a clubes da juventude. Esse conjunto chama-se Unidade de Vizinhança e corresponde a um bairro, onde os apoios essenciais estariam próximos aos moradores. As Unidades de Vizinhança não foram totalmente implantadas, com exceção do conjunto que reúne as SQS 107, 108, 307 e 308, onde a realidade construída mais se aproxima da ideia original. Essas Superquadras, incluindo a SQS 105 e a SQS 106, foram consideradas modelo e possuem projetos de arquitetos renomados como Oscar Niemeyer e Burle Max.

Mas seriam todas as superquadras iguais?

O fato de serem projetadas inicialmente seis Superquadras modelos, influenciou bastante a organização das demais. Essas semelhanças são perceptíveis quando observamos o plano urbanístico do Plano Piloto, mas ao analisarmos individualmente cada conjunto de Superquadra percebemos que as semelhanças na disposição dos edifícios não implica na igualdade entre elas. Outros elementos como o sistema viário, a vegetação, topografia, disposição e forma das edificações, ocasionam percepções variadas, que transmitem sensações distintas aos usuários em relação a cada Superquadra.

E você, possui uma Superquadra preferida?

¹Parcela urbana que é ocupada por uma edificação apoiada sobre pilotis, liberando o pavimento térreo e se integra com o espaço urbano.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>